top of page

Simulação CFD para efeito de chuvas e tempestades em áreas urbanas: um estudo de caso em São Paulo


 
 

1. Introdução sobre arquivos de dados no formato Raster (e.g. .asc/.tiff/.tif)


Os formatos de arquivo raster, como .asc (ASCII), .tiff (Tagged Image File Format) ou .tif, são comumente utilizados para armazenar dados espaciais em CFD. Esses formatos são particularmente úteis quando se trata de representar campos escalares ou distribuições espaciais, como a velocidade do fluido, temperatura ou concentração de espécies químicas.

1. Formato ASCII (.asc):
- Este formato é baseado em texto legível e é amplamente utilizado para representar dados raster em CFD. Ele organiza os dados em uma grade, onde cada célula da grade contém um valor escalar associado. Geralmente, o arquivo possui informações sobre a resolução espacial, valores mínimos e máximos, entre outros.

2. Formato TIFF/TIF (.tiff/.tif):
- O formato TIFF/TIF é comumente utilizado para armazenar imagens, mas também pode ser empregado em CFD para dados raster. Esses arquivos podem representar informações escalares em suas células, sendo úteis para armazenar mapas de elevação, por exemplo. A vantagem do formato TIFF é sua capacidade de lidar com dados em escala de cinza ou coloridos.

No contexto da CFD, o FLOW-3D oferece ferramentas para importar, exportar e manipular dados no formato Raster, garantindo uma integração eficiente desses arquivos nas simulações. Essa flexibilidade é essencial para a representação precisa das condições iniciais e limites nos modelos CFD, contribuindo para a obtenção de resultados mais precisos e confiáveis.

2. Efeito de chuvas e tempestades em áreas urbanas em São Paulo


A região compreendida entre a ponte de Cruzeiro do Sul e a ponte do Governador Orestes Quércia foi escolhida como objeto de estudo.

Mapa da região

O comprimento da região especificada é aproximadamente 2,1 km, com uma largura de 360 m, resultando em uma área investigada de aproximadamente 756.000 m².

Geometria do Mapa da Região

é claramente visto que os dados Geotiff tinham uma resolução boa, que podem conter informações geoespaciais importantes, auxiliando na representação mais realista da geometria.

Imagem 3D para região selecionada do Google Earth


Um bloco de malha com tamanho de célula de 1 metro foi usado, de modo que o total de células é de aproximadamente 20 milhões. A condição inicial da elevação do fluido foi selecionada como 716,5 m de acordo com a elevação do rio. E para reduzir a duração da simulação, a elevação do rio aumentará com uma velocidade de 0,05 m/s (1 metro a cada 20 segundos), sabendo que é possível determinar os valores reais da precipitação e inseri-los como entrada em nossa simulação.

Bloco de malha usado na análise

3. Resultados e discussão


O propósito primordial desta simulação é a análise dos pontos iniciais propensos a inundação em decorrência de chuvas intensas. Essa simulação proporciona uma análise mais refinada das condições hidrodinâmicas, contribuindo para uma compreensão mais aprofundada dos potenciais impactos das precipitações intensas nesta região específica.



34 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page